Avaliação morfológica de espermatozoides suínos em uma central de inseminação artificial

Victória Pontes Rocha, Lina Raquel Santos Araújo Lina Raquel Santos Araújo Lina Raquel Santos Araújo, Luiz Antônio Moreira Miranda, Beatriz Mano e Silva, Ênio Campos da Silva, Fágner Cavalcante Patrocínio dos Santos

Resumo


Alterações na morfologia espermática têm impacto sobre a fertilidade de reprodutores suínos, com prejuízos nos índices produtivos, constituindo uma das causas para descarte de machos. Nesse contexto, objetivou-se identificar anormalidades mais frequentes em amostras de sêmen de cachaços adultos que foram reprovadas, em uma central de inseminação, além de prospectar considerações acerca do descarte de reprodutores baseado no exame morfológico. Para atingir tal objetivo foram coletados o sêmen de 95 suínos e avaliada a morfologia espermática. Dentre os 95 reprodutores que tiveram o sêmen avaliado na primeira coleta, 78% tiveram o sêmen aprovado e 22% reprovado. Durante a primeira coleta de sêmen, do total de anormalidades espermáticas (31,52 % ± 8,85) as mais frequentes foram: gota citoplasmática distal (13,76 % ± 7,48) e proximal (11,95 % ± 6,72). Os 21 reprodutores com amostras reprovadas na primeira coleta, foram novamente avaliados e 19% (4 reprodutores) reprovados, novamente do total de anormalidades observadas (33,75 % ± 2,38), destacou-se a gota citoplasmática distal (14,25 % ± 1,92) e proximal (12,5 % ± 4,39). Através do presente estudo foi possível observar que a avaliação morfológica de espermatozoides em granjas suínas é uma ferramenta extremamente necessária, para identificar animais para seleção ou descarte reprodutivo. A repetição do exame morfológico em machos que tiveram o sêmen reprovado, deve ser realizada a fim de evitar falsas conclusões.



Palavras-chave


Fertilidade. Patologia espermática. Suinocultura.

Referências


ALKMIN, D.V. Central de IA em suínos: Uma análise prática do processo de produção de sêmen de alta qualidade. Rev. Bras. Reprod. Anim., v.43, n.2, p.327-330, abr./jun. 2019

ANDERSON, L.L. Suínos. In: HAZEZ, E.S.E; HAFEZ, B. Reprod. Anim. 7 ed. Manole: São Paulo, p.183-186, 2004.

ARRUDA, R.P.; CELEGHINI, E.C.C.; GARCIA, A.R.; SANTOS, G.C.; LEITE, T. G.; OLIVEIRA, L. Z.; LANÇONI, R.; RODRIGUES, M.P. Morfologia espermática de touros: interpretação e impacto na fertilidade. Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.39, n.1, p.47-60, 2015.

BONET, S.; BRIZ, M.D.; YESTE, M. A Proper Assesment of Boar Sperm Function May Not Only Require Conventional Analyses but Also Others Focused on Molecular Markers of Epididymal Maturation. Reprod Dom Anim, v.47, n. 3, p.52–64, 2012.

BORTOLOZZO, F.P.; WENTZ, I.; BENNEMANN, P.E.; BERNADI, M.L.; WOLLMANN, E.B.; FERREIRA, F.M.; BORCHARDT NETO, G. Suinocultura em ação: Inseminação artificial na suinocultura tecnificada. 1 ed. Porto Alegre: Palloti, 2005. 185p.

BRACKETT, B.G. Reprodução em Mamíferos do Sexo Masculino. In: REECE, W.O. Dukes Fisiologia dos Animais Domésticos. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 12. ed. cap.38, p.623-643, 2006.

BRIZ, M.D.; BONET, S.; PINART, B.; EGOZCUE, J.; CAMPS, R. Comparative Study of Boar Sperm Coming From the Caput, Corpus, and Cauda Regions of the Epididymis. Journal of Andrology, v.16, n.2, 1995.

BUSTAMANTE-FILHO, I.C.; SOUZA, A.P.B.; LAZARI, L.F.; ARGENTI, L.E.; WEBER, A. Avaliação seminal em suínos: aplicabilidades das analises proteômicas. Rev. Bras. Reprod. Anim., v.43, n.2, p.184-195, abr./jun. 2019.

CAPELETTO, A.; BRAGANÇA, J. F. M.; ROCHA, R. X.; PETROLLI, T. G.; BENNEMANN, P. E. Correlação entre morfologia espermática, taxa de parto e tamanho da leitegada em matrizes suínas. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.10, n.19; p.627-635, 2014.

Colégio Brasileiro de Reprodução Animal - CBRA. Manual para exame andrológico e avaliação de sêmen animal, 3. ed. Belo Horizonte: CBRA, 87 f., 2013.

GAGGINI, T.S. Presença da gota citoplasmática e seus efeitos na morfometria, cromatina e motilidade espermática e identificação de genes candidatos à seleção de parâmetros seminais de suínos. 2017. 134 f. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2017.

GAGGINI, T.S.; BARBOSA, H.; BELETTI, M.E.; REZENDE, F.M.; ANTUNES, R. C. Alta ocorrência de gota citoplasmática distal altera parâmetros relacionados ao movimento espermático de reprodutores suínos. Archives of Veterinary Science, v.23, n.4, p.44-50, 2018.

GARCÍA-VÁZQUEZ, F.A.; HERNÁNDEZ-CARAVACA, I.; MATÁS, C.; SORIANO-ÚBEDA, C.; ABRIL-SÁNCHEZ, S.; IZQUIERDO-RICO, M. J. Morphological study of boar sperm during their passage through the female genital tract. Journal of Reproduction and Development, v.61, n.5, 2015.

GARCÍA-VÁZQUEZ, F.A.; MELLAGI, A.P.; ULGUIM, G.; HERNÁNDEZ-CARAVACA, I.; LLAMAS-LÓPEZ, P. J.; BORTOLOZZO, F.P. Post-cervical artificial insemination in porcine: The technique that came to stay. Theriogenology, v.129, n.15, p.37-45, 2019.

GONZALEZ-CADAVID, V. et al. Seminal plasma proteins of adult boars and correlations with

sperm parameters. Theriogenology, v. 82, n. 5, p. 697-707, 2014.

JUNG, M.; RUDIGER, K.; SCHULZE, M. In vitro measures for assessing boar semen fertility. Reprod Domest Anim, v.50, p.20-24, 2015.

KAMANOVA, V.; NEVRKLA, P.; HADAS, Z.; LUJKA, J; FILIPCIK, R. Changes of sperm morphology in Duroc, Landrace and Large White boars depending on the ambient temperature during the year. Czech Academy of Agricultural Sciences, v. 66, p.1-8, 2021.

KNECHT, D.; JANKOWSKA-MAKOSA, A.; DUZINSKI, K. Analysis of the lifetime and culling reasons for AI boars. J Anim Sci Biotech, v.8, p.49, 2017.

KONDRACKI, S; GÓRSKI, K; IWANINA, M. Impact of sperm concentration on sperm morphology of large white and landrace boars. Livestock Science, v. 241, 2020.

MELLAGI, A.P.G.; QUIRINO, M.; OLIVEIRA, G.S.; GAGGINI, T.S.; PASCHOAL, A.F.L.; LUCCA, M.S.; ULGUIM, R.R.; BORTOLOZZO, F. P. Atualizações na avaliação andrológica em suínos. Rev. Bras. Reprod. Anim., v.43, n.2, p.47-53, abr./jun. 2019.

OBERLANDER, G.; PONTELO, T.P.; MENEZES, T.A.; MURGAS, L.D.S.; ZANGERONIMO, M.G.; SILVA, A.C.; PEREIRA, L.J. Alterações morfológicas encontradas no sêmen de reprodutores suínos (Sus scrofa). Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, Ano XI, n.20, 2013.

RODRIGUEZ, A.L. SOOM , A.V.; ARSENAKIS, I. MAES, D. Fatores de manejo e manejo do sêmen afetam a qualidade do sêmen estendido. Porc Health Manag, 2017.

SERTÃO, A.T.; MACHADO, N.F.R. Controle externo da qualidade em espermograma: avaliação do desempenho de laboratórios clínicos participantes de dois provedores de ensaio de proficiência. Brazilian Journal of Clinical Analyses, 2019.

TONIOLLI, R. Aspectos de um programa de inseminação artificial em suínos. Ciência Animal, v.12, n.1, p.7-17, 2002.

TURNER, D.P.; HOULE, T.T. Conducting and reporting descriptive statistics. Headache: The Journal of Head and Face Pain, v. 59, n. 3, p.300-305, 2019.

WABERSKI, D.; MEDING, S.; DIRKSEN, G.; WEITZE, K.F.; LEIDING, C.; HAHN, R. Fertility of long-term-stored boar semen: Influence of extender (Androhep and Kiev), storage time and plasma droplets in the semen. Animal Reproduction Science, v. 36, n.1–2, p.145-151, Jul.1994.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

Counters
Visitas